02/12/2010

40 anos da morte de Yukio Mishima - razões de um esquecimento



"If the world changed, I could not exist, and if I changed, the world could not exist."

Yukio Mishima,
The Temple of the Golden Pavillion

A semana passada passaram 40 anos sobre a morte de Yukio Mishima. À excepção de uma livraria em Tóquio com uma boa secção em inglês (a Maruzen de Nihombashi), nenhuma outra assinalou de forma significativa o acontecimento na capital. De igual modo, a generalidade dos agentes culturais ficou mais ou menos indiferente e a imprensa também (na imprensa japonesa em japonês não houve qualquer referência e na imprensa japonesa em inglês só o Japan Times trouxe uma notícia justamente sublinhando o silêncio). E, no entanto, Mishima é um dos mais importantes escritores japoneses do século XX, amplamente traduzido (nomeadamente em Portugal) e por diversas vezes potencial vencedor ao Nobel.

Porquê este silêncio?

(Continuar a ler
aqui).

1 comentário:

  1. mais um que este ignorante (eu...) vai ter de ler.
    JMR

    ResponderEliminar